sexta-feira, 2 de setembro de 2011

MESTRE BONEQUEIRO


Aristides Barros faz Teatro de Bonecos desde 1988, fundou e participa de dois grupos  de teatro de bonecos "Riso de Deus" e  "Cia Cearense de Mamulengos". Na arte é qualificado como Mestre Bonequeiro devido ser ele o próprio criador e diretor dos espetáculos, escritor dos textos, fazedor e manipulador dos bonecos, confeccionador das empanadas e de cenários...etc
Apresenta-se na Mostra Brasileira de Teatro Transcendental desde a sua 5ª edição em 2007
Dos seus espetáculos os mais conhecidos são:

  • ZE PRETIM MAMULENGO E OS 8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO;
  • CORAÇÕES DE ASSIS (2011);
  • DE CRACK A CAMPEÃO, VIDAS SIM DROGAS NÃO;
  • A ESCOLA DO BEM;
  • VIVA E DEIXE VIVER;
  • ENTRE DEUS E MAMOM;
  • O GRANDE CIRCO DOS BONECOS;
  • QUANDO A CARIDADE CHEGA;
  • O REI BODE E A LENDA DA MACACHEIRA MILAGROSA;
  • CHICO VIDA XAVIER;
  • CHICO XAVIER E O EXTERMINADOR DO FUTURO;
  • AMARGO DESPERTAR DE ZÉ PRETIM MAMULENGO;
  • GANDHI, HERÓI SEM ARMAS (2012);
  • O MAMULENGO QUE ENGANOU A MORTE (2013).
Dentre os seus personagens pode-se encontrar:


Rosinha Fulô
Zé Pretim Mamulengo
Mauneco Telecoteco
Xexeu do Beleleu

Saramandaia Rabo de Saia




2 comentários:

  1. Aristides,
    Seu trabalho é muito bom, lindo e do bem. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá, sou escritor e jornalista, tenho um personagem, que é um poeta de rua, que se chama Xexéu Beleléu. Fiquei curioso de saber se existe alguma relação do meu personagem com o boneco "Xexéu do Beleléu".
    Abraços do Jairo Faria (agora Jairo Fará)
    meu email jairo.faria@hotmail.com ou jairo.ufsj@gmail.com

    ResponderExcluir